Celebridade TV e CINE

Celebridade
Actividad
famososs de
 
Cine
Musica
Television TV
ULTIMOS INGRESOS
 
 

 

Fapedia.com  | Famosos BRASIL

CELEBRITIES: Análise: em 15 anos, Flip acompanha o Brasil da ascensão à crise
Conteúdo exclusivo para assinantes, acesse no site do globo.

Celebridade Brasil

CELEBRITIES: Em 'Tungstênio', Fabrício Boliveira é policial abusivo e violento; veja cena

203-01-05_1.5.4.jpgSÃO PAULO — Adaptação para o cinema da premiada graphic novel de Marcello Quintanilha, "Tungstênio" mostra a rotina de vários personagens de Salvador, cujas vidas são entrelaçadas por um crime ambiental. Uma das linhas narrativas envolve o policial Richard (Fabrício Boliveira) e sua mulher, Keira (Samira Carvalho), que vivem uma relação desigual, abusiva e, por vezes, violenta. A direção é de Heitor Dhalia.

LEIA MAIS: Heitor Dhalia se inspira em HQ de Marcello Quintanilha

A cena a seguir mostra o personagem de Boliveira, um policial dividido entre conflitos éticos e morais, em ação:

Cena de 'Tungstênio'

Todo rodado em Salvador, o longa faz um retrato social com tintas muito fortes da região da Cidade Baixa. Em entrevista ao GLOBO, antes do início das filmagens, no fim de 2016, o soteropolitano Boliveira disse:

— O grande diferencial é que o Marcello faz quadrinhos com negros, tem essa relação forte com o universo negro, e isso é muito interessante. Ele também faz um retrato da cidade muito bonito. A Cidade Baixa tem uma linguagem própria, um código específico, e ele traduz isso muito bem. É uma Salvador diferente, menos tropicalista — avalia o ator.

Além de Boliveira e Samira, "Tungstênio" traz também José Dumont, Wesley Guimarães e Sérgio Laurentino. O filme estreia no dia 17 de maio nos cinemas.

Celebridade Brasil

CELEBRITIES: Vivian Amorim e Fernanda Keulla entram para o time do ‘Vídeo show’

RIO - O "Vídeo show" vai ganhar um reforço duplo. Com o fim do 'BBB 18', as ex-sisters Vivian Amorim e Fernanda Keulla deixaram o posto de repórteres do reality show e passam a integrar o time do vespertino. Musas de suas edições, as advogadas da Amazônia e Minas Gerais vão atuar fazendo matérias para o programa. As duas já começaram a gravar e as reportagens já vão ao ar a partir desta quinta-feira, dia 26.

LEIA MAIS: Vencedora do 'BBB18', a nova milionária Gleici declara: 'Quero um trabalho'

"Estava no carro voltando de uma gravação quando recebi a notícia. Comecei a chorar. O motorista ficou preocupado, mas expliquei que era, na verdade, a realização de um sonho", diverte-se Fernanda.

CONFIRA: Jesuita Barbosa comenta obsessão da sociedade por rótulos sobre sexualidade; ator surge no ar travestido de ‘Shakira do Sertão’ em ‘Onde nascem os fortes’

305138.jpg"Estar no Vídeo Show é uma honra! Tenho certeza que será um grande aprendizado. A expectativa é grande, mas a vontade também é”, completa ela, ansiosa.

LEIA: Autor João Emanuel Carneiro adianta detalhes de ‘Segundo sol’ em entrevista exclusiva

Vivian também é pura ansiedade: "Já estava vivendo um sonho quando recebi o convite pra viver outro. Dar continuidade nesse trabalho como repórter é incrível. Estou estudando para me aperfeiçoar cada vez mais na área e ainda poder colocar tudo isso em prática, trabalhando com o que eu gosto é mais que perfeito. Vou me dedicar bastante pra corresponder às expectativas de todos e vou me jogar 100% nesse novo projeto pra conseguir aprender e evoluir cada vez mais".

VEJA AINDA: Aílton Graça dá um tempo no humor em ‘Carcereiros’: ‘Outra densidade’

305137.jpgHá um ano na equipe do programa, Sophia Abraão sabe bem como é esse frio na barriga pré-estreia e dá as boas vindas à dupla: “Eu amei a entrada das meninas para o nosso time. Que lindo poder fazer parte de uma equipe majoritariamente feminina! Elas são extremamente talentosas, lindas e inteligentes”.

Veterano da atração, Otaviano Costa lembra que já é uma tradição do programa dar oportunidades a novos nomes. “Fiquei muito feliz com a chegada delas. O programa sempre abre as suas portas para os novos talentos e esse ciclo agora com a Vivian e a Fernanda vai fazer muito bem ao ‘Vídeo show!’.

Celebridade Brasil

CELEBRITIES: Cocriador de Venom, David Michelinie é confirmado na CCXP 2018

Profile pic - LaMole.jpgSÃO PAULO - A CCXP – Comic Con Experience anunciou nesta quarta-feira mais um convidado da quinta edição do evento, que acontece entre 6 e 9 de dezembro, no São Paulo Expo Center. Roteirista de sucesso, o quadrinista americano David Michelinie trabalhou com John Byrne e Todd MacFarlane, entre outros artistas, na criação de personagens importantes e histórias marcantes dos universos Marvel e DC.

Entre as principais criações de Michelinie, está Venom, o simbionte extraterrestre que se torna inimigo do Homem-Aranha. Criado em parceria com MacFarlane, o vilão completa 30 anos de existência no universo Marvel. Depois de aparecer nos filmes do Aranha, ele ganhou uma produção só sua, "Venom", com Tom Hardy, que estreia em 4 de outubro.

venom.jpgA galeria de criações de Michelinie na Marvel não para por aí. Ele também ajudou a criar o Carnificina (Carnage), o Máquina de Combate (War Machine) e o Homem-Formiga (Ant-Man). Muitos desses personagens hoje fazem parte do chamado Universo Cinematográfico da Marvel e estão em filmes recentes, como "Pantera Negra" e "Vingadores: Guerra infinita".

Michelinie também assinou histórias icônicas na Marvel, como o histórico casamento de Peter Parker e Mary Jane na revista "The Amazing Spider Man". Ele também deixou sua marca na trajetória do Homem de Ferro, com "O demônio na garrafa" e "A Guerra das Armaduras". O artista também trabalhou na DC Comics, escrevendo as histórias do Super-Homem.

Esta semana, a CCXP havia anunciado a presença na edição deste ano do roteirista e desenhista americano John Romita Jr. Filho de John Romita, ele é conhecido por ter abraçado personagens como Homem-Aranha, Demolidor, Punisher e vários outros.

Celebridade Brasil

CELEBRITIES: Bienal de São Paulo anuncia mostras paralelas dos sete artistas-curadores

RIO — A Bienal de São Paulo anunciou as sete mostras coletivas que irão integrar o evento, junto aos 12 projetos individuais selecionados pelo curador geral Gabriel Pérez-Barreiro. A partir de uma proposta de experiências curatoriais múltiplas, a 33ª edição da Bienal convidou sete artistas para organizar montagens paralelas com total liberdade de criação e sem conexões narrativas ou temáticas, restritas apenas a questões de ordem prática, como orçamento e o uso do Pavilhão.
LEIA MAIS: Gabriel Pérez-Barreiro: "A Bienal não tem a função de entrar no debate eleitoral"
O uruguaio Alejandro Cesarco propôs uma mostra que aborda questões como narrativa e repetição, intitulada "Aos nossos pais", com artistas de três gerações diferentes, como Sturtevant (EUA, 1924 – França, 2014), Louise Lawler (EUA, 1947) e Cameron Rowland (EUA, 1988). O espanhol Antonio Ballester Moreno criou relações entre biologia e cultura, com participação de nomes como o filósofo e pedagogo Friedrich Fröbel (Alemanha, 1782-1852); Andrea Büttner (Alemanha, 1972); Mark Dion (EUA, 1961) e Rafael Sánchez-Mateos Paniagua (Espanha, 1979).

waltercio 2.jpgPara a exposição "O pássaro lento", a argentina Claudia Fontes parte de uma metanarrativa, sobre um livro fictício homônimo, cujo conteúdo é desconhecido, em obras que aproximam artes visuais, literatura e tradução. A sueca Mamma Andersson reúne, na mostra "Stargazer II [Mira-estrela II]", um grupo de artistas que inspira sua produção como pintora, de ícones russos do século XV a nomes contemporâneos, como a cineasta sueca Gunvor Nelson.

A brasileira Sofia Borges parte de interpretações sobre a tragédia grega para criar uma colagem de referências mitológicas na mostra "A infinita história das coisas ou o fim da tragédia do um", que vai incluir obras de nomes como Leda Catunda (Brasil, 1961), Jennifer Tee (Holanda, 1973) e Isaac Hadad (França, 1976). O outro brasileiro do grupo, Waltercio Caldas propõe um espaço em que obras de diversos artistas são confrontadas com trabalhos de sua autoria, reunindo nomes como icente do Rego Monteiro (Brasil, 1899-1970) Victor Hugo (França, 1802-1885) e Jorge Oteiza (Espanha, 1908-2003).

O projeto "sempre, nunca", da nigeriana-americana Wura-Natasha Ogunji, é composto exclusivamente por obras comissionadas, criadas por artistas como Lhola Amira (África do Sul, 1984), Mame-Diarra Niang (França, 1982), Nicole Vlado (EUA, 1980) e Youmna Chlala (Líbano, 1974), conciliando aspectos íntimos e épicos.

Intitulada "Afinidades afetivas", a 33ª Bienal de São Paulo será realizada entre 7 de setembro a 9 de dezembro, no Parque do Ibirapuera.

Celebridade Brasil

CELEBRITIES: Catarina reencontra o pai, Augusto, em ‘Deus salve o rei’

RIO - Virgilio (Ricardo Pereira) já sabe para aonde Catarina (Bruna Marquezine) levou o pai, Augusto (Marco Nanini), em ‘Deus salve o rei’. Por isso, a rainha é obrigada a agir. Ela viaja até a torre de Zéria com o intuito de levá-lo para outro lugar.

LEIA MAIS: Acompanhamos as gravações de ‘Onde nascem os fortes’, supersérie sobre paixão e ódio, rodada na Paraíba

“Não posso me arriscar que alguém o encontre. Virgílio e Rodolfo já sabem sobre sua localização, e eu já não tenho mais controle sobre eles”, justifica para Lucíola.

Já no local, Augusto se espanta com a chegada da filha. “Foi o peso de sua consciência que a arrastou até aqui? Para me libertar é que certamente não há de ter vindo”, dispara.

Catarina explica ao pai que precisa transferi-lo porque ele está doente e debilitado, mas Augusto sabe que a justificativa não é verdadeira. “Você veio me remover porque certamente alguém descobriu o que fez comigo”, opina Augusto.

A cena está prevista para ir ao ar nesta quinta, dia 26.

Celebridade Brasil

Famosos Celebridades . Cine TV celebrities